Dicas e Curiosidades

Entrevista de Domingo: “Tablet pode revolucionar os quadrinhos”


Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica: “A tecnologia revolucionou a qualidade dos quadrinhos e do desenho animado”

Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica e um dos cartunistas mais conhecidos do mundo, diz ter inveja dos desenhistas atuais. “Eles fazem desenhos lindos com a ajuda da tecnologia. Queria ter nascido mais tarde para usar toda essa inovação e buscar o traço perfeito”, diz.

Aos 77 anos, Sousa não diz isso em um tom agressivo ou negativo, mas de admiração. Ele reconhece que os programas especiais para animação, computadores potentes e mesas digitalizadoras mudaram a história dos estúdios de desenho, que até meados da década de 1980 só usavam nanquim e papel. “A melhor explicação para entender isso é comparar um desenho feito hoje com um de três décadas atrás”, afirma.

Ele diz que desde que levou a tecnologia para seu estúdio, nunca mais deixou de comprar e experimentar novas tecnologias. Tanto que agora, ele pede para alguns desenhistas tentarem o traço direto na tela do iPad. “Esse equipamento, creio, vai trazer alguma mudança grande para a indústria do desenho. Seja na produção ou na interatividade com o leitor. Estou ansioso para conferir o que vai acontecer”, afirma.

Em entrevista, ele explica como a tecnologia ajudou seu estúdio e como ela impactou no dia-a-dia dos desenhistas e artistas que desenham os personagens da Turma da Mônica. E faz um alerta: “O computador é bom para a criança, mas ela não deve fazer dele o único amigo”.

Você usa tecnologia em todos os processos do estúdio? Hoje, toda a produção é computadorizada. As animações da Turma da Mônica são feitas em computadores, por exemplo. Na produção dos quadrinhos, alguns desenhistas fazem os desenhos a mão. Outros usam mesas digitalizadoras para desenhar diretamente na tela do computador. Em ambos os casos, os desenhos são finalizados no computador, onde ganham efeitos e melhorias nos traços. A gente já começa a usar o iPad em alguns processos e em breve esse tipo de tecnologia, acredito, até pode aposentar o computador.

Fonte: http://info.abril.com.br