Dicas e Curiosidades

Microsoft anuncia novo CEO: Satya Nadella


Satya Nadella (Foto: Divulgação)

Demorou, mas aconteceu. Cinco meses depois de Steve Ballmer anunciar que se aposentaria, a Microsoft finalmente oficializou nesta terça-feira a contratação de seu novo CEO. O indiano Satya Nadella, com 22 anos de casa e até então responsável pela área da computação na nuvem, assume o comando da empresa daqui em diante.

O processo de seleção contou com a participação direta de Bill Gates e reuniu nomes de peso. Internamente, o CEO do Skype, Tony Bates, e o ex-líder da Nokia, Stephen Elop, também eram cotados para a sucessão. Externamente, falava-se que Alan Mullaly poderia deixar a Ford para dirigir a gigante de softwares.

Nadella, entretanto, fez prevalecer sua forte influência na companhia. Ele é o líder do setor de cloud computing da Microsoft e da área de produtos corporativos, que vêm registrando resultados satisfatórios nos últimos tempos. Assim, ele é especialista em uma das áreas mais importantes.

Antes da reorganização recente da Microsoft, o executivo era encarregado da área de servidores e ferramentas, mas também acumulou passagens pelos departamentos de pesquisa e desenvolvimento para serviços online e já foi vice-presidente de produtos corporativos. A experiência múltipla lhe rendeu bom conhecimento sobre a empresa que irá liderar.

Analistas sugerem que a escolha do indiano para o cargo pode representar o fim da linha para Bill Gates como presidente do quadro de diretores da companhia, cargo que ocupa desde que deixou de participar do cotidiano da empresa em 2008.

A saída de Gates pode fazer sentido, já que o novo chefão da Microsoft terá de responder a seus dois predecessores, contando com Steve Ballmer, que também é um dos membros do quadro de diretores, o que nem todos estão dispostos a aceitar. Além disso, Bill Gates vem se preparando há anos para deixar de ser um nome relevante para a Microsoft, vendendo gradualmente suas ações, e se preocupando mais com a Bill & Melinda Foundation, sua instituição beneficente sem fins lucrativos.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br