Mobile

Android Marshmallow: confira o que muda em relação ao Lollipop

O Android 6.0 (Marshmallow) chegou para os usuários com diversas novidades. O sistema operacional do Googleteve a versão de 2015 apresentada, nesta terça-feira (29), em evento da desenvolvedora nos Estados Unidos. Confira as principais mudanças do Android M em relação ao Android 5.0 (Lollilop).

Com foco na usabilidade, o sistema ganhou interface repaginada – ainda com Material Design -, menos apps nativos, modo de economia de bateria eficiente, mais segurança e outras funcionalidades.google-apresenta-a-versao-final-do-android-60-marshmallow-foto-divulgacao

Design refinado

O Android Lollipop trouxe a estética Material Design, e o Android M deixou o visual do sistema ainda mais fluido. As animações de notificações e a abertura de aplicativos estão mais refinadas, a gaveta de programas deixa os softwares mais usados no topo e, além disso, conta com busca direta de itens pela letra inicial.

material-design-ganhou-novas-animacoes-de-notificacoes-e-abertura-de-apps-foto-reproducaoyoutube

Menos apps pré-instalados e mais recursos para outros aplicativos

O Lollipop tem a opção de remover aplicativos pré-instalados nos dispositivos  com facilidade. Já o Android M promete  menos apps de fábrica. Para completar, o sistema oferece a opção de baixar os serviços que fizerem falta. É claro que a nova versão continuará a permitir aos usuários desinstalar softwares pré-instalados.

Com o Android M, funções de reconhecimento de voz não são mais restritas a serviços do Google, como acontecia no antecessor. Com isso, desenvolvedores podem adaptar a funcionalidade e colocá-la à disposição em atualizações.

Permissões de apps

Outra vantagem do Marshmallow em relação ao Android Lollipop é o ajuste de permissões individuais nos aplicativos. O sistema operacional agora é capaz de bloquear ou ceder o acesso aos recursos de hardware de qualquer programa instalado. No Android 5.0, as permissões são solicitadas durante a instalação, enquanto no Marshmallow são exibidas gradativamente.

Economia de bateria

doze-promete-diminuir-o-consumo-de-bateria-em-modo-stand-by-foto-reproducaoyoutube

Para aumentar o tempo de uso, o Android M recebeu uma otimização que reduz o consumo de carga no smartphone. O recurso, chamado de Doze, pode economizar até 30% de bateria com a tela desligada. O sistema não permite que aplicativos em segundo plano consumam bateria, o que faz muita diferença no dia a dia. Para completar, as tarefas mais pesadas são desativadas em períodos de inatividade.

O Android 5.0 também tinha recurso nativo para economizar bateria. No entanto, era bem menos eficaz. Ao ativar o serviço, o sistema apenas ajustava o desempenho do gadget, diminuía o tempo de conexão de Internet e o brilho da tela, além de desativar animações.

Now On Tap

O Google Now está ainda mais eficaz do que era no Lollipop. No Android M, apesar de continuar a trazer informações ao pressionar o botão home, com o atalho Now On Tap, a plataforma traz detalhes sobre o que o usuário lê, assiste ou ouve no momento.

now-on-tap-foi-demonstrado-em-funcionamento-dentro-do-whatsapp-foto-reproducaoyoutube

Direct Share

Para compartilhar arquivos (imagens, fotos, vídeos e outros itens), ficou tudo mais prático também. O Android 6.0 recebeu uma nova ferramenta chamada Direct Share. O serviço adiciona pessoas e apps mais frequentes às opções de compartilhamento de forma rápida.

No Lollipop, ao clicar em compartilhar, apenas os programas mais usados apareciam entre as opções de compartilhamento.

Segurança

Quando o smartphone ou tablet for inicializado, o Android M avisará se o firmware e o sistema operacional estiverem diferentes da versão de fábrica. A ideia é que você saiba exatamente quando estiver diante do “Android puro” ou não. A ferramenta não estava presente na versão anterior do sistema.

 

Fonte: TechTudo